Reconstrução

Posts

Sálvia Haddad

Outro dia um amigo perguntou se eu estava namorando, e alguém disse que sim, eu estava namorando. E outra exclamou: que bom, ela finalmente está reconstruindo sua vida!

Engraçado! Não estou namorando, mas sim, estou reconstruindo minha vida. E uma coisa não tem a ver com a outra necessariamente.

Reconstruir a vida, pra mim, é algo muito mais profundo e amplo. Reconstruir-se, é trabalho artesanal, diário. E pode ser que não tenha muito a ver com companhia. E sim com solidão.

O que foi derrubado a ferro e fogo, não pode ser erigido da noite pro dia. Leva tempo! No apagar das luzes do nosso cotidiano, resta-nos nós e nossas dores.

Recomeçar é o que estou fazendo, por exemplo, agora, realizando o sonho antigo de publicar um livro, criando esse site para dividir, com quem queira, meus sentimentos e experiências.

Então, hoje, inicio esse site propondo reconstrução – não aquelas que acreditam que acontece quando a gente arruma um namorado – mas aquela íntima, seja ela qual for: reforma da vida profissional, do coração despedaçado depois da partida de um amor, enterro de um relacionamento já morto, reconstrução das relações familiares, se ainda houver espaço, reinício de um novo cotidiano com a chegada do primeiro filho, ou do segundo, ou da partida de um deles. Não importa! Desde que seja reconstrução conquistada por nós, às nossas custas, pagando um preço que só nós sabemos qual é.

Nunca é fácil, mas tem que começar: olhar bastante pra si, suas relações, seus projetos, perceber melhor sua dinâmica emocional, buscar pelo que ficou, descobrir o quê se tem em mãos. Trabalho árduo: tijolo, massa corrida, pintura, acabamento e mobília!

Então, fica o convite! O que está precisando ser reiniciado, reformado ou reconstruído na sua vida?

5 comentários em “Reconstrução”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *