Juntos e misturados

Posts

Se você ainda não viu “Juntos e Misturados”, precisa ver! Um filme que, pretendendo ser apenas uma comédia romântica, nem percebe que vai além. Numa estória permeada pelo humor, fala de ausências muito sentidas; com leveza, fala de relações desfeitas e corações despedaçados; na descontração, diz de espaços que podem ser preenchidos novamente. Pretendendo ser superficial, erra: é profundo. Desejando [continue lendo…]

Nesse outro dia

Posts

E um dia a gente se apaixona. Elege alguém Projeta virtudes admiráveis Descobre veneráveis defeitos.   Nesse dia, a gente se oferece tanto que até transborda Promete aparar arestas e ser paciente Abrimos portas e janelas Sempre uma brecha por onde o sol possa entrar.   Nesse dia, a gente sonha Simplesmente pensa que merece. Nesse dia, não se enxerga [continue lendo…]

A casca de noz de Hamlet

Posts

Essa semana assisti uma palestra de Leandro Karnal, historiador e professor da Unicamp, doutor pela Universidade de São Paulo com publicações sobre História, História da América e História das religiões. Foi-lhe perguntado a respeito da super exposição da vida das pessoas nas redes sociais. Uma pergunta simples, que aparentemente pede uma simples resposta. Mas quando se tem bagagem intelectual, qualquer [continue lendo…]

Colcha de retalhos

Posts

Outro dia percebi que minha vida familiar transformou-se numa colcha de retalhos. No aniversário de meu mais velho, resolvi chamar a família para um jantar íntimo. Mas que família?A dele, respondi à mim mesma. A resposta é simples mas a realidade não acompanha a austeridade da resposta. A primeira família de meu filho é a minha e a de seu [continue lendo…]

Anonimato

Posts

Fascina-me a ideia da solidão. Sensação de liberdade e soltura, sem amarras. Na distância, o único laço que permanece é com Deus, porque Ele em mim habita. Quando só estou, nada pode afetar o silêncio que existe em mim. Observo o movimento das pessoas, a rua de pedras, estreita, roseiras pendendo a formar um arco-íris de flores, coisa de cidade [continue lendo…]

Sobre meu irmão

Posts

Hoje parece que chorei de novo sua morte, meu irmão. Não foi apenas um choro por ter-me lembrado de sua partida, mas um sentimento diferente, como se hoje tivesse recebido a notícia, como se hoje fosse 21 de setembro de 1991. Não sei dizer por que isso aconteceu depois de tantos anos. Há muito tempo, essa era a data que lembrava o fato [continue lendo…]

A Flórida de cada um

Posts

Ontem li sobre uma mulher, que aos 64 anos, nadou por 53 horas de Cuba até a Flórida. Ela foi recordista mundial. Sua história deixou-me impressionada e comentando sobre o assunto, alguém perguntou: – E por que ela fez isso? Boa pergunta! Aquilo ficou ressoando na minha mente. Ela por certo tem seus motivos particulares para ter realizado o admirável [continue lendo…]

O quarto escuro

Posts

Um dia convidaste-me a entrar Relutei, mas teu olhar destemido, seguro E tuas firmes palavras insistindo o convite Não deixaram-me escolha Enchi-me de coragem e adentrei. Quarto  iluminado, cheio de vida, colorido Pequenos detalhes traziam charme e especialidade Lareira que, delicada e sutilmente aquecia o ambiente Na sacada, um canteiro de girassóis A trazer ainda mais luz Ao fundo, os [continue lendo…]

AMOUR

Posts

Ontem, enfim, assisti o filme Amour, drama francês dirigido por Michael Haneke e ganhador do prêmio Palma de Ouro 2012. O diretor é conhecido por seu estilo direto e cruel. Eu não precisaria ter lido as críticas para perceber que sobre Haneke, não paira uma gota de sentimentalismo. O filme retrata a vida de um casal na velhice. O longa [continue lendo…]

Elas por elas

Posts

Na semana que passou reencontrei minha turma de escola. Por um aplicativo desses da vida, num passe de mágica, estávamos todas ali outra vez. Uma lembrava de outra e mais outra e o grupo crescia em número e recordações. E seguiram-se fotos, contaram-se casos, recordamos as que se foram, lembramos a marca registrada de cada uma, que por incrível que [continue lendo…]