• Bloqueio de EscritorBloqueio de Escritor
    Semana passada eu não escrevi. Foi a primeira vez que furei a terça-feira aqui no site. Eu não sei se alguém percebeu. Espero que não. Espero que sim. Na verdade, escrever periodicamente sempre foi um anseio. É interessante escrever quando o sentimento invade e a inspiração é involuntária. Mas exercitar a disciplina de sentar e escrever mesmo quando não estamos a ver estrelas [continue lendo...]
  • AmizadeAmizade
    É muito triste, ao longo da vida, constatar como as pessoas deixam de se comprometer com a palavra do bem, que constrói e edifica, para fazer aliança com a palavra do mal, que destrói e distancia. Todo mundo já viveu isso. Palavras e opiniões chegando aos ouvidos de pessoas queridas de forma distorcida. E nem sempre temos a oportunidade ou [continue lendo...]
  • Eu VolteiEu Voltei
    Após três meses de férias, eis que volto a desafiar-me nas escritas semanais. Houve quem dissesse que as pessoas perderiam o hábito de acessar o blog após um período sem posts. Mas o que seria de mim se me negasse o direito de parar? Como seguir sem avaliar os ganhos, perceber os erros e rever desafios? É preciso redimensionar a vida a cada [continue lendo...]
  • Divórcio
    É sempre difícil decidir separar-se. Não menos difícil é aceitar a separação imposta pelo outro. Mas, às vezes, chegamos a esse ponto: decidir se vamos nos dar uma nova chance, para, no futuro, depois de digerido todo sofrimento que sempre permeia uma separação, poder experimentar o que realmente seja uma união feliz. Gostaria muito de sempre poder incentivar as pessoas [continue lendo...]
  • AMOURAMOUR
    Ontem, enfim, assisti o filme Amour, drama francês dirigido por Michael Haneke e ganhador do prêmio Palma de Ouro 2012. O diretor é conhecido por seu estilo direto e cruel. Eu não precisaria ter lido as críticas para perceber que sobre Haneke, não paira uma gota de sentimentalismo. O filme retrata a vida de um casal na velhice. O longa [continue lendo...]
  • A Flórida de cada umA Flórida de cada um
    Ontem li sobre uma mulher, que aos 64 anos, nadou por 53 horas de Cuba até a Flórida. Ela foi recordista mundial. Sua história deixou-me impressionada e comentando sobre o assunto, alguém perguntou: – E por que ela fez isso? Boa pergunta! Aquilo ficou ressoando na minha mente. Ela por certo tem seus motivos particulares para ter realizado o admirável [continue lendo...]
  • Sobre meu irmãoSobre meu irmão
    Hoje parece que chorei de novo sua morte, meu irmão. Não foi apenas um choro por ter-me lembrado de sua partida, mas um sentimento diferente, como se hoje tivesse recebido a notícia, como se hoje fosse 21 de setembro de 1991. Não sei dizer por que isso aconteceu depois de tantos anos. Há muito tempo, essa era a data que lembrava o fato [continue lendo...]
  • O copiloto deprimidoO copiloto deprimido
              Essa semana foi impossível não acompanhar o caso do copiloto Andreas Lubitz, que provocou a queda do airbus da Germanwings nos Alpes franceses, matando 150 pessoas. A tragédia chamou a atenção do mundo para a questão da avaliação psicológica de pilotos. Em algumas reportagens, ouvi um deles afirmar que nas entrevistas periódicas lhes era perguntado [continue lendo...]
  • A Ilha de Todos NósA Ilha de Todos Nós
    Um dia, conversava com um amigo recém-separado e, portanto, vivendo um turbilhão de emoções, e ele, em outras palavras, confessou não saber mais quem ele era. Compreendi o que quis dizer aquela frase tão significativa. A gente quando casa geralmente implementa ajustes para que a vida a dois funcione. E nesse movimento, as vezes acontece de alguém ir abrindo mão [continue lendo...]
  • Somebody I Used To Know
    Agora a música do momento é Somebody I used to know. Letra muito significativa e forte melodia. O compositor fala de forma profunda sobre o fim de um relacionamento. Começa cantarolando a empolgação do início e a sensação boa de ter escolhido a pessoa certa. Depois, fala como tudo foi mudando, forçando-o a acreditar que o amor é uma dor [continue lendo...]