• Revisão de Vida
    O ano está acabando e tenho sentido necessidade de registrar tudo que foi revisto em minha vida nos últimos tempos. Muita coisa já estava fora do lugar, indefinida, flutuando na minha vida há um tempo, sem eu saber ao certo o que fazer. O que ainda parecia estar no lugar saiu com a doença e morte do meu marido, que [continue lendo...]
  • Fama Não é ProfissãoFama Não é Profissão
    Essas últimas semanas fui surpreendida por um programa de domingo verdadeiramente emocionante: The Voice Kids. O Brasil acompanhou cantores tarimbados virarem sua cadeira e revirarem seus olhos para vozes infantis encantadoras. E a final do programa foi neste domingo, onde as três vozes finalistas cantavam pelo primeiro lugar. Não que isso fosse o mais importante, afinal todos os que passaram pelo programa desidrataram o [continue lendo...]
  • O Oncologista
    Na primeira vez em que fui ao consultório do oncologista que acompanhava meu marido, fiquei um tempo na sala de espera. Estava apenas com minha mãe, pretendia ter uma conversa mais aberta e franca sobre o caso. Ainda atordoada com tudo que havia acontecido em nossas vidas, sentei-me e comecei a observar as várias pessoas que ali estavam, quase todas [continue lendo...]
  • O vento lá foraO vento lá fora
    Recentemente soube de uma produção que uniu dois grandes nomes do país – Maria Bethânia e Cleonice Berardinelli –, a primeira um ícone da música brasileira, a segunda, imortal da Academia Brasileira de Letras. As artistas realizaram a leitura entusiasmada das obras do poeta Fernando Pessoa. “O vento lá fora” constitui-se pela costura dos poemas com conversas sobre a obra [continue lendo...]
  • Dever cumpridoDever cumprido
    No início do ano propus-me a escrever semanalmente. Desde jovem gostei de acompanhar textos de alguns colunistas: Lya Luft, Diogo Mainardi, entre outros. E lembro-me que perdia o sono imaginando de onde tiravam criatividade para escrever toda semana. Descobri depois de 20 anos. Na verdade, não dependemos de inspiração necessariamente. Nem de um tema necessariamente. Mas, ao mesmo tempo, dependemos [continue lendo...]
  • Girassóis na janelaGirassóis na janela
    É engraçado como as coisas sofisticadas não tem a beleza das simples. A sofisticação tem seu brilho, mas jamais vencerá o vento soprando no rosto num fim de tarde deitado na relva. O cheiro de mato, a simplicidade de pés descalços, o café de coador ou o pão assando jamais perderão seu título de nobreza. Deitar na rede e ler um [continue lendo...]
  • Nesse outro diaNesse outro dia
    E um dia a gente se apaixona. Elege alguém Projeta virtudes admiráveis Descobre veneráveis defeitos.   Nesse dia, a gente se oferece tanto que até transborda Promete aparar arestas e ser paciente Abrimos portas e janelas Sempre uma brecha por onde o sol possa entrar.   Nesse dia, a gente sonha Simplesmente pensa que merece. Nesse dia, não se enxerga [continue lendo...]
  • Bloqueio de EscritorBloqueio de Escritor
    Semana passada eu não escrevi. Foi a primeira vez que furei a terça-feira aqui no site. Eu não sei se alguém percebeu. Espero que não. Espero que sim. Na verdade, escrever periodicamente sempre foi um anseio. É interessante escrever quando o sentimento invade e a inspiração é involuntária. Mas exercitar a disciplina de sentar e escrever mesmo quando não estamos a ver estrelas [continue lendo...]
  • Divórcio
    É sempre difícil decidir separar-se. Não menos difícil é aceitar a separação imposta pelo outro. Mas, às vezes, chegamos a esse ponto: decidir se vamos nos dar uma nova chance, para, no futuro, depois de digerido todo sofrimento que sempre permeia uma separação, poder experimentar o que realmente seja uma união feliz. Gostaria muito de sempre poder incentivar as pessoas [continue lendo...]
  • A ilha
    Um dia, conversava com alguém recém-separado e percebi que vivia aquele inevitável turbilhão de emoções causado pela brusca e doída mudança em toda a dinâmica da sua vida. Logo depois da conversa, me peguei pensando no quanto precisamos implementar  ajustes quando optamos por uma vida a dois. Então, vamos devagar renunciando aqui e acolá na tentativa de ser um nós [continue lendo...]