• SaudadeSaudade
    Tem dias que a gente sente tanta saudade que parece explodir. Saudade que pode ser de muita coisa: de um amor vivido e até mesmo de um não vivido –  porque sentimos saudade também do que poderia ter sido. Pode ser saudade de um momento marcante, do sentimento que no invade após uma grande conquista, de um olhar diferente que [continue lendo...]
  • Somebody I Used To Know
    Agora a música do momento é Somebody I used to know. Letra muito significativa e forte melodia. O compositor fala de forma profunda sobre o fim de um relacionamento. Começa cantarolando a empolgação do início e a sensação boa de ter escolhido a pessoa certa. Depois, fala como tudo foi mudando, forçando-o a acreditar que o amor é uma dor [continue lendo...]
  • Revisão de Vida
    O ano está acabando e tenho sentido necessidade de registrar tudo que foi revisto em minha vida nos últimos tempos. Muita coisa já estava fora do lugar, indefinida, flutuando na minha vida há um tempo, sem eu saber ao certo o que fazer. O que ainda parecia estar no lugar saiu com a doença e morte do meu marido, que [continue lendo...]
  • Algemas Rompidas
    Em 27/05/2013 Ás vezes acontece assim: por razões diversas e motivos dos mais variados, a gente se pega em umas situações de sofrimento na vida e não larga mais. Algum gatilho interno dispara e a gente estabelece uma relação de apego com aquilo. Pronto! Fica ali. A situação ás vezes até já passou, ou estabilizou-se, não tem mais jeito, mas [continue lendo...]
  • A Flórida de cada umA Flórida de cada um
    Ontem li sobre uma mulher, que aos 64 anos, nadou por 53 horas de Cuba até a Flórida. Ela foi recordista mundial. Sua história deixou-me impressionada e comentando sobre o assunto, alguém perguntou: – E por que ela fez isso? Boa pergunta! Aquilo ficou ressoando na minha mente. Ela por certo tem seus motivos particulares para ter realizado o admirável [continue lendo...]
  • A Pena de morteA Pena de morte
    Eu acompanhei, estarrecida, o caso do fuzilamento dos dois brasileiros, Marco Archer e Rodrigo Gularte, na Indonésia. A pena de morte é algo que me choca pela soberba pretensão de um Estado julgar-se legítimo para punir alguém determinando o fim de sua vida. De onde vem esta superioridade moral para condenar indivíduos à morte? Sem mencionar o estado psíquico do [continue lendo...]
  • Paraty e sua festaParaty e sua festa
    No último final de semana, participei da Festa Literária Internacional de Paraty: cinco dias dedicados inteiramente ao mundo literário e suas questões mais atuais, em debates que vão de relatos de guerra, passando por história, oficinas de poesia, gestão púbica em cultura, e chegando até literatura erótica. E isso tudo discutido por profissionais do quilate de Artur Ávila, Arnaldo Antunes, [continue lendo...]
  • Dia da Poesia
    Buscando por temas interessantes, qual não foi minha surpresa ao descobrir que em março, 14, comemora-se o Dia Nacional da Poesia. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento de Castro Alves, um dos maiores poetas brasileiros. Certa vez, li uma pequena biografia sobre o jovem escritor e fiquei impressionada com sua morte prematura aos 24 anos. Seu [continue lendo...]
  • AmizadeAmizade
    É muito triste, ao longo da vida, constatar como as pessoas deixam de se comprometer com a palavra do bem, que constrói e edifica, para fazer aliança com a palavra do mal, que destrói e distancia. Todo mundo já viveu isso. Palavras e opiniões chegando aos ouvidos de pessoas queridas de forma distorcida. E nem sempre temos a oportunidade ou [continue lendo...]
  • Mudança: Jazidos e BerçosMudança: Jazidos e Berços
    Essa semana, depois de 12 anos aqui, mudança à vista. As mudanças de casa na minha vida sempre foram dramáticas. Nunca foi apenas o ato de mudar de casa, sempre acontecia em meio à algo muito importante deixado pra trás e algo não menos significativo me esperando na próxima esquina. Da primeira vez sai de casa por conta de minha gravidez. Meu pai, machista [continue lendo...]