• Divórcio
    É sempre difícil decidir separar-se. Não menos difícil é aceitar a separação imposta pelo outro. Mas, às vezes, chegamos a esse ponto: decidir se vamos nos dar uma nova chance, para, no futuro, depois de digerido todo sofrimento que sempre permeia uma separação, poder experimentar o que realmente seja uma união feliz. Gostaria muito de sempre poder incentivar as pessoas [continue lendo...]
  • A Mensagem de Isabela
    Querida amiga Sálvia, Das muitas lembranças que guardo da nossa amizade, que já é balzaquiana, tenho muito nítido na memória o senso de liderança e independência que parecem ter nascido com você. Desde muito cedo você comandava... Ontem, as brincadeiras. Hoje, sua vida e as de seus filhos. Ser assim tem um preco, mas o que não tem nessa vida? [continue lendo...]
  • Dia da Poesia
    Buscando por temas interessantes, qual não foi minha surpresa ao descobrir que em março, 14, comemora-se o Dia Nacional da Poesia. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento de Castro Alves, um dos maiores poetas brasileiros. Certa vez, li uma pequena biografia sobre o jovem escritor e fiquei impressionada com sua morte prematura aos 24 anos. Seu [continue lendo...]
  • Reconstrução
    Outro dia um amigo perguntou se eu estava namorando, e alguém disse que sim, eu estava namorando. E outra exclamou: que bom, ela finalmente está reconstruindo sua vida! Engraçado! Não estou namorando, mas sim, estou reconstruindo minha vida. E uma coisa não tem a ver com a outra necessariamente. Reconstruir a vida, pra mim, é algo muito mais profundo e [continue lendo...]
  • Juntos e misturadosJuntos e misturados
    Se você ainda não viu "Juntos e Misturados", precisa ver! Um filme que, pretendendo ser apenas uma comédia romântica, nem percebe que vai além. Numa estória permeada pelo humor, fala de ausências muito sentidas; com leveza, fala de relações desfeitas e corações despedaçados; na descontração, diz de espaços que podem ser preenchidos novamente. Pretendendo ser superficial, erra: é profundo. Desejando [continue lendo...]
  • Sobre descer do saltoSobre descer do salto
    Outro dia uma conhecida comentou uma situação pela qual passou. Bem comum até. Depois de alguns dias de paquera com um carinha legal, troca de mensagens, passeio no parque e cafés de fim de tarde, eles ficaram. O rapaz andava ainda enrolado com a última namorada, rondava perto a possibilidade de um retorno. Ela sabia, mas resolveu apostar. Perdeu a aposta. [continue lendo...]
  • AMOURAMOUR
    Ontem, enfim, assisti o filme Amour, drama francês dirigido por Michael Haneke e ganhador do prêmio Palma de Ouro 2012. O diretor é conhecido por seu estilo direto e cruel. Eu não precisaria ter lido as críticas para perceber que sobre Haneke, não paira uma gota de sentimentalismo. O filme retrata a vida de um casal na velhice. O longa [continue lendo...]
  • Ouro e areiaOuro e areia
    Uma vez um amigo me disse que as pessoas andam por aí como se fossem sacos pretos com um quilo de areia ou de ouro. Como o conteúdo está dentro do saco preto, à primeira vista não sabemos o que há lá dentro. Aparentemente, todos valemos a mesma coisa: um quilo. Levar um ou outro para casa e para a [continue lendo...]
  • O Livro de Sálvia
    Por esses acasos da vida conheci os originais do livro de Sálvia Haddad, Mel e Fel – Retalhos de Vida. Posso dizer que o li de uma só vez, pela surpresa de ter descoberto naquele momento uma nova escritora e pela alegria de estar frente a um texto escrito com elegância, correção gramatical e profundidade psicológica e humana. Não obstante [continue lendo...]
  • O Oncologista
    Já postei essa crônica de Mel e Fel por aqui. Mas hoje decidi postar novamente porque sei quantas pessoas identificam-se com essas palavras... Aí vai: Na primeira vez em que fui ao consultório do oncologista que acompanhava meu marido, fiquei um tempo na sala de espera. Estava apenas com minha mãe, pretendia ter uma conversa mais aberta e franca sobre [continue lendo...]